Carpintaria e marcenaria: quais são as diferenças? | Marcenaria Eficiente

Carpintaria e marcenaria: quais são as diferenças?

A importância da madeira na arte da construção é antiga e resultou na separação de dois tipos de ofício: carpintaria e marcenaria.

Ao carpinteiro sempre coube a execução de componentes estruturais, como vigas, escadas, assoalhos etc. Já ao marceneiro ficou reservada a produção de objetos utilitários e, até mesmo, artísticos, como janelas, portas, retábulos, armários, cômodas, cadeiras, entre outros.

Sendo assim, apesar de ambos trabalharem com a madeira, existem características importantes que distinguem esses dois profissionais. Siga a leitura do post e saiba exatamente quais são as diferenças entre carpintaria e marcenaria. Vamos lá?

Entenda: carpintaria e marcenaria

A carpintaria

O carpinteiro trabalha, essencialmente, com a madeira maciça, ou seja, em seu estado natural. Por isso, esse profissional é muito requisitado, por exemplo, na construção civil e naval. Seu trabalho é desenvolvido, principalmente, no canteiro de obras.

É ele quem lavra e aparelha a madeira, ocupando-se desde o trançado que permite a taipa de sopapo ou de sebe até de estruturas muito mais complexas, como as das coberturas.

Por isso mesmo a carpintaria é um ofício que exige precisão técnica e até informações sobre geometria. Também são necessários conhecimentos específicos sobre cada tipo de madeira e os materiais e técnicas utilizados em cada um.

Vale destacar que a carpintaria é umas das profissões mais antigas do mundo. No início, esse ofício era conhecido como carpina ou carapina e dividia-se em 4 áreas principais de atuação:

  1. naval;
  2. militar;
  3. civil;
  4. industrial.

Carpintaria e marcenaria

A marcenaria

Já o marceneiro trabalha na fabricação, reparação e conservação de móveis e outros objetos de decoração que tenham como base a madeira. Sendo assim, pode-se dizer, em linhas gerais, que o ofício do marceneiro é mais delicado e artesanal que o do carpinteiro.

Esse profissional utiliza técnicas específicas para desenvolver seu trabalho a partir de matéria-prima nobre, visto que o mobiliário precisa ser resistente, ou seja, produzido a partir de madeiras de boa qualidade.

O MDF, por exemplo, é muito utilizado por ser durável e acessível. Mas também podem ser usadas madeiras de reflorestamento, como eucalipto, pinus, araucária e teca.

Local de trabalho

O local de trabalho do marceneiro é, geralmente, a bancada onde corta, encaixa e entalha peças e objetos, sempre com muita habilidade e paciência.

Na verdade, a marcenaria é uma derivação da carpintaria. Os marceneiros adequaram algumas técnicas para melhorar o desenvolvimento e tratamento de seus produtos.

Conhecido no passado como o artesão dos móveis, hoje o marceneiro pode contar com uma série de avanços da tecnologia, que possibilitaram o desenvolvimento de equipamentos, ferramentas e maquinário que ajudam nesse trabalho.

Contudo, vale ressaltar que, apesar de muitas peças da indústria moveleira serem produzidas por meio de máquinas, o trabalho artesanal desse profissional ainda e muito valorizado.

Enfim, agora que você já sabe as diferenças que existem entre carpintaria e marcenaria, poderá contratar o profissional certo para realizar o trabalho que precisa, seja para a estrutura de uma construção, produção de um móvel sob medida ou de um objeto de decoração artesanal e exclusivo.

Ainda tem alguma dúvida sobre o tema? Então, deixe seu comentário no post com a sua pergunta!

Guia Marcenaria de Sucesso

Showing 6 comments

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Insira o termo desejado e pressione Enter para buscar